Iniciar

Para iniciar esta Página, faça um clic na foto.
Navegue....e mergulhe, está num rio de águas límpidas!

domingo, 20 de maio de 2018

UM VIVA A TIMOR

Celebra-se, hoje, o 16º Aniversário da Independência de Timor!Na nossa memória, ainda estão vivos aqueles dias dramáticos, de sofrimento e coragem, que antecederam a libertação total e a forma solidária como nós, portugueses, nos irmanámos no ideal e na luta dos timorenses, povo com quem partilhámos vivências durante séculos!
Parabéns, timorenses!



quinta-feira, 17 de maio de 2018

CRISTO REI

Celebram-se, hoje, os 59 anos do Cristo Rei, o ex-libris de Almada....e do Tejo!


terça-feira, 15 de maio de 2018

DIA DA FAMÍLIA

Sem manifestações lamechas, lembremo-nos neste dia e sempre que a instituição FAMÍLIA será sempre a base mais sustentável duma Sociedade! Por mais que alguns a relativizem e tentem, até, destruir!
Que a FAMÍLIA  se fortaleça e una os elos!

segunda-feira, 14 de maio de 2018

LOENDROS DE CAMBARINHO, VOUZELA!

 Maio é o mês do climax da floração dos famosos e únicos loendros de Cambarinho, Vouzela.
Um espectáculo deslumbrante, de cor, que a Natureza nos oferece naquele recanto lafonense.
Créditos: fotos do vouzelense Augusto Rodrigues

 



Mês de Maio, época do auge da floração dos famosos e únicos loendros de Cambarinho, Vouzela.
Um espectáculo deslumbrante, de côr, que a natureza nos oferece naquele recanto lafonense.

Créditos: fotos do vouzelense Augusto Rodrigues

domingo, 13 de maio de 2018

MINUDÊNCIAS DA VIDA

Sempre que, pela primeira vez do dia, me abeiro da janela do terraço, lá vêm eles e elas saltitantes, dando à asa, numa linguagem que não entendo, mas que se deve prender com pedido de "matabicho". Saltitam pelo parapeito e parecem indagar o que eu, eventualmente, traga por entre os dedos, onde por vezes chegam a pousar ao de leve.
Mantém-se, expectantes, e não desarmam nem desanimam das suas cabriolices chilreantes. As rolas e os pardais.
Lanço para o terraço a paparoca da manhã e eis que todo o comportamento se altera.
Enquanto as rolas, tranquilas, se abeiram da ração e por ali ficam até que o papo lhes dê travão, os pardais desaparecem a vista em voos rasantes para os telhados fronteiros e encetam, numa cadência regular, rápidos voos picados, em direcção ao petisco. 
Metem-no no bico e fogem, desconfiados e espavoridos, como se estivessem em acções de rapina e assalto furtivo e levam, para longe, o espólio do assalto, como se o fossem depositar em offshores. Voltam e repetem os golpes de asa, enquanto há atractivo no terraço.
E, deixam-me a pensar, na diferença abismal de instintos entre as columbinas e os pardais.
Gratas e pacíficas as rolas, velhaca e mais propensa para as surtidas, a pardalada.
E, deixam-me , mais a vez, a especular de como no mundo das aves e dos humanos, podem haver temperamentos tão diferenciados!



sábado, 12 de maio de 2018

CASA DO TEMPO


Algumas, poucas,  imagens do vasto e interessante espólio da Casa do Tempo, em Cabeceiras de Basto, aberta ao público desde 2 de Agosto de 2013.
Objectos comuns aos das terras de Lafões, em épocas que vão ficando pelas neblinas dos anos!




quinta-feira, 10 de maio de 2018

DE TRÓIA A VISEU




Uma interessante reportagem da SIC, AQUI

HÁ FESTA NAS TERMAS

Neste dia da Ascenção, também celebrado como Dia da Espiga, diz-me a memória que, a manter-se a tradição, é dia de Festa nas Termas de São Pedro do Sul!
Evoco-a com recordações inesquecíveis de tempos jovens!

quarta-feira, 9 de maio de 2018

quarta-feira, 2 de maio de 2018

VISEU

Viseu e os 102 anos do edifício dos Paços do Concelho...
Uma cidade que se empolgou e agarrou o progresso com todas as mãos. As mãos dos viseenses
que souberam fazer da Capital da Beira Alta, a cidade onde se vive melhor!

sexta-feira, 27 de abril de 2018

COMPADRES DA SEXTA


ESTADO FREI TOMÁS

De tão antiga, aquela máxima de que "o exemplo vem de cima" deixou de ter aplicação.
Eu compreendo que, sem usurpar, o Estado pressione os proprietários de casas devolutas a darem-lhe uma utilidade, para o bem social comum. Como entendo que se pressionem os proprietários de terras para uma limpeza adequada, para a segurança de todos.
Já não compreendo que seja esse mesmo Estado, no caso particular de Lisboa, de per si ou das entidades em que tem responsabilidades, como a SCM e a CML, um dos maiores proprietários de casas devolutas, a não dar o exemplo e um primeiro passo.
Como não compreendo que, sendo esse mesmo Estado proprietário de largas manchas florestais e provedor das bermas das vias de comunicação, não seja o primeiro a dar o exemplo de as manter limpas, cumprindo, afinal, a legislação de carácter obrigatório para todos.
Pois, é. Bem pregava Frei Tomás!

quinta-feira, 26 de abril de 2018

PELES DE CORDEIRO

Criminalização de maus-tratos a idosos chumbados por maioria de esquerda AQUI
Surpresa? Nenhuma.
São os mesmos que não garantem uma Rede capaz de Cuidados Paliativos que cubra o território Nacional, enquanto se desunham para que a EUTANÁSIA tenha foros de Lei.
O que me leva a pensar, espero que sem razão alguma, que, enquanto não é possível optar pelo Além, qualquer idoso em sofrimento por falta de cuidados médicos capazes e adequados, pode ter o mesmo fim por abandono ou falta de cuidados no seio familiar.
Para não ir ao extremo dum fim "à pancada" que tal já teria outros contornos penais.
Estamos cercados por lobos famintos com peles de cordeiro e não nos damos conta!

CORAGEM JOVEM

Força, jovem! Parabéns pela coragem de teres quebrado aquela que me pareceu simiesca sinfonia que foram todos os outros deprimentes e repetitivos discursos de lugares comuns.... O Vouguinha, que nunca hipotecou a sua liberdade e ideário a partido algum, que só é filiado no que tem por nome Portugal, pede-te que nunca deixes que te manipulem e te contaminem o Pensamento!  Foste a única oradora do 25-A, na cerimónia da A.R., e foram muitos os "palradores", que teve a coragem de abordar o tema "corrupção". Para todos os outros foi tema tabu. Vá-se lá saber porquê...
Estou certo que incomodaste alguns, mas, não duvido, foste um sopro de Esperança em muitos mais!

quarta-feira, 25 de abril de 2018

O TEMPO E OS VENTOS


DIA DOS CRAVOS



Há sol mas o vento chia
Os violinos ausentes
Pois quem toca neste Dia.
É só a Harpa dos Crentes!
Hoje são só festas, cravos, sorrisos, hinos de glória, vivas, hosanas...e bolsa vazia!
Domingo, há Futebol e tudo esquece.
Segunda, de cabeça fria e neurónios libertos, acordamos do fim de semana de emoções, e: murcharam os cravos, sorrisos viraram esgares de raiva, os hinos são fúnebres, as hosanas passam a estribilhos dolorosos...e só a bolsa continua na mesma!....

segunda-feira, 23 de abril de 2018

DIA MUNDIAL DO LIVRO

Um agradecimento com mais de meio século de atraso: OBRIGADO, FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

                                                   
Foo daqui: http://www.santanostalgia.com

O PROBLEMA DEMOGRÁFICO

O Primeiro Ministro disse, há dois dias em Torres Novas, que Portugal precisa de imigração para resolver o problema demográfico!
Chamem-me chauvinista, nacionalista, o que quiserem, que convivo bem com isso.

Com o que eu não convivo bem é, num Portugal com Desemprego, em que os jovens se desunham por uma ocupação e se vêem obrigados a emigrar, venha alguém defender que o problema demográfico se resolve com imigração.
Resolve-se, isso sim, é com um sistema de saúde e leis laborais, que assegurem maternidades, berçários e jardins infantis e outros apoios palpáveis à maternidade.
Importar catrefadas de imigrantes, num Portugal de pouco investimento empresarial, a quem, na maioria, teremos que pagar RSI e subsídios de desemprego, é alijar as responsabilidades de quem governa este País.